É tido e sabido por todos que Portugal chegou a ser em tempos, uma das maiores potências exploradoras e conquistadoras, deixando as suas influências espalhadas pelos quatro cantos do mundo. Não é de admirar portanto, que essa influência tenha passado igualmente pela culinária, tendo sido já considerada pela própria BBC, como uma da mais influentes do mundo. Talvez  até tenha sido esse o mote que originou e inspirou a criação do restaurante que vos dou a conhecer hoje, o novo Geographia.

A “viagem” começa mal entramos no restaurante e percebemos a destemida intenção de nos levar de regresso à época colonial, uma época em que Portugal estabelecia relações importantes, estratégicas e diplomáticas pelo mundo inteiro. A sensação é que entramos num restaurante de outros tempos, onde aos poucos, vão-nos saltanto à vista os deliciosos pormenores da decoração do espaço. Os pratos personalizados, os copos originais, as mesas, as cores, os mapas na parede da entrada, o macaco pendurado e a personagem central desta história, o Rinoceronte de nome Ulisses…

Penso que não deve haver ninguém que aqui entre e não fique curioso para perceber a história desta figura tão imponente. Ao que parece, o Ulisses simboliza o cruzamento de culturas de expressão portuguesa, a verdadeira inspiração do conceito do restaurante. Reza a história, que este animal foi oferecido em tempos pelo Sultão do Gujarat ao governador da Índia portuguesa….o resto da história desafio-vos a pesquisar, eu própria desconhecia…

A COMIDA

Mas falando do mais interessante, a comida! Não se trata apenas das influências de Portugal no mundo, o Geographia reúne numa só ementa, a verdadeira celebração das influências tão ricas, que esses próprios países também nos deixaram. De Macau a Índia, do Brasil a São Tomé, passando por Cabo Verde e Timor leste, esta é uma desafiante viagem à fusão de sabores!

Para se ter a verdadeira experiência, o ideal é fazer como eu, juntar um grupo de amigos e partilhar vários pratos, e assim conseguem degustar um pouco de todas as delicias gastronómicas. Da minha parte deixo-vos alguns dos meus preferidos: Os deliciosos fritinhos dos quatro continentes, salada morna timorense com frango, laranja e batata-doce, a cachupa vegetariana, o caril de camarão à goesa com arroz de coco, o escondidinho de puré de mandioca e leite de coco com bacalhau, Vindaloo de Porco de Goa, o arroz gordo de Macau e a picanha maturada com baião de dois.

E se ficaram com água na boca, aguentem firmes, esqueçam as dietas e preparem-se para a melhor mousse de chocolate da vida, a Mousse de Chocolate de São Tomé com salame…Eu chorei por mais! Para os menos chocolateiros, sugiro o pão de ló com coulis de frutos vermelhos, a bebinca de 7 camadas com gelado de baunilha, o Quindim com sorvete de manga…..Tudo simplesmente dos deuses!

No final não sentimos que fomos apenas a mais um restaurante, recebemos sim uma lufada de cultura e mergulhamos numa viagem à inteligente fusão de sabores, a Geographia dos sabores!

O JANTAR DE VIAJANTES

O Geographia quis ir mais além na sua originalidade e criou ainda um conceito brilhante, o “Jantar de Viajantes”. Acontece uma vez por mês e leva-nos a viajar através do palato, num jantar intimista marcado pelas vivências, relatos e aventuras, contadas in loco por um viajante convidado. O último teve como convidado o autor Luís Almeida Mendes e o seu Susoeste Asiático…E Guess what…o próximo jantar do viajante é já no dia 30 de Janeiro e eu serei a convidada para falae das minhas aventuras pela Índia. Vão perder?

Morada: Rua do Conde, 1, Lisboa

Tel. 213960036

Horário: segunda-feira a sábado, das 12h30 às 15h00 e das 19h30 às 23h30..